Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Autarquia assinala quadra natalícia com ciclo de concertos

Orfeao 1 750 2500
15 Dezembro 2008
O Orfeão da Sociedade Imparcial 15 de Janeiro de 1898 espalhou o espírito natalício na Igreja da Misericórdia / Núcleo de Arte Sacra no passado sábado, dia 13, num concerto integrado no ciclo de espectáculos “5 Dias. 5 Coros. 5 Concertos de Natal”.

Dirigido pelo maestro António Menino, o Orfeão apresentou um alinhamento musical dedicado à quadra natalícia composto pelos seguintes temas: Dindirindin (César Morais), Lord I Want (Tradicional), Sanctissima (Canto Sacro), O Ladrão do Negro Melro (Fernando Lopes-Graça), Fui-te Ver, s’Tavas Lavando (Tradicional), Meu Bem Harm. Corte-Real), Dona Nobis Pacem (Canto Sacro), Acordai (Fernando Lopes-Graça), Adeste Fideles (Canto de Natal), Glória in Excelsis (Canto de Natal) e Fantasia de Natal (Irvin Berlin).

Constituído actualmente por cerca de 29 membros, o Orfeão ressurgiu em força depois de 24 anos. As suas actuações já deixaram marca em eventos diversos como Festas de Natal, o aniversário da própria Sociedade Imparcial 15 de Janeiro de 1898 e Encontros de Coros, com destaque para o Encontro Internacional de Coros do Orfeão da Coelima, o IV Encontro de Grupos Corais da Sociedade 1.º de Dezembro e o VII Festival de Coros de Ponte de Sôr.

O ciclo de espectáculos “5 Dias. 5 Coros. 5 Concertos de Natal” é um exemplo da importância que as colectividades assumem no Município de Alcochete e de que existe qualidade e talento musical nas formações musicais locais.

Com a promoção destes espectáculos, a Câmara Municipal estimula a criação musical e cultural no Município e encerra a sua programação cultural em grande.

Neste fim-de-semana, a programação musical arrancou na passada sexta-feira, 12, com a actuação do Coro da Sociedade Filarmónica 1.º de Dezembro, do Montijo, que dirigido pela maestrina Ana Venade, interpretou um alinhamento focado no “espiritual negro” e nos temas populares. Durante a sua actuação, a maestrina esclareceu o público presente sobre as interpretações desta formação.

No Domingo, foi a vez do Coro de São João Baptista actuar no Núcleo de Arte Sacra sob a direcção da maestrina Mafalda Boultwood.

Município de Alcochete © 2021 | Todos os direitos reservados

wc3 wcag 2.0 amrs logotipo logotipo wiremaze