Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

O regresso possível à normalidade

Vereador vl 750x500 1 750 2500
27 Maio 2020

A Câmara Municipal de Alcochete viu-se na contingência de gerir os seus trabalhadores em conformidade com as regras do estado de emergência decretado pelo Governo da República em 19 de Março de 2020. Tal decisão implicou o encerramento de serviços e equipamentos públicos culturais e desportivos que estão agora a reabrir de acordo com a situação de calamidade que atravessamos, entretanto complementada com o desconfinamento que está a decorrer desde 15 de maio.

Mantiveram-se ativos os serviços mínimos de Higiene Urbana e de Limpeza dos espaços públicos com os condicionalismos necessários a minimizar o contágio, com equipas desencontradas e em rotatividade semanal, em jornadas de apenas 5 horas diárias, que durante o pior período da pandemia garantiram a higienização das ruas do concelho, desinfestações, preparação de locais aptos a receber utentes em caso de agravamento da situação, entre outras tarefas associadas à COVID-19.

Naturalmente que esta quebra abrupta da disponibilidade dos nossos trabalhadores provocou descontinuidade em serviços que até à data estavam a decorrer normalmente: deservagem de passeios e outros locais, recolha de resíduos sólidos urbanos e monos, conservação de jardins, resumindo, manutenção do espaço público em geral.

No ano passado, o executivo tomou a decisão de não aplicação de herbicida para o corte de ervas na via pública, sobretudo por questões ambientais e de saúde pública. Estávamos conscientes que esta tomada de decisão acarretaria consequências políticas e na imagem urbana, que assumimos plenamente, pois o rendimento e eficácia do serviço são muito menores do que aplicando produtos químicos.

Passada a fase mais conturbada é tempo de, mesmo com condicionalismos das equipas, aos poucos retomarmos as tarefas entretanto adiadas. Assim, estamos a dar início a um conjunto de ações passíveis de assegurar a continuidade do trabalho ora interrompido:

1 – Preparação dos diversos edifícios municipais para a sua reabertura, respeitando as normas da DGS;

2 – Preparação das praias do Samouco e de Alcochete para receber os utilizadores a partir do dia 6 de junho com a abertura da época balnear, respeitando as normas da DGS;

3 – Reabrir o Parque de Merendas do Samouco, garantindo as regras de distanciamento social e outras consagradas no Decreto-Lei nº 24/2020;

4 – Corte de ervas em todos os locais públicos do concelho;

5 – Retoma da recolha de monos e verdes, que tinha sido suspensa;

6 – Continuação da desinfeção dos espaços públicos e contentores de recolha de resíduos;

7 – No início do mês de maio foi realizada a desinfestação periódica de mosquitos, baratas e roedores nas zonas verdes e noutros locais mais afetados.

Obviamente que vamos demorar algum tempo para recuperar três meses de paragem quase total destes serviços e conseguirmos repor a tão desejada normalidade.

Com a aproximação do Verão e o regresso das pessoas ao espaço público, as exigências são naturalmente maiores.

Estamos cá para dar resposta. Continuamos a trabalhar por Alcochete.

O Vereador das Obras Municipais e Ambiente
Pedro Lavrado

Município de Alcochete © 2020 | Todos os direitos reservados

wc3 wcag 2.0 amrs logotipo logotipo wiremaze