Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Sessão solene assinala aniversário da Sociedade Imparcial

Sessaosia750x500 1 750 2500
20 Janeiro 2020

A Sociedade Imparcial 15 de Janeiro de 1898 festejou o seu 122.º aniversário com a realização no dia 18 de janeiro de uma sessão solene em que foram também homenageados os sócios.

Estiveram presentes na cerimónia o presidente da Câmara e os vereadores, o presidente da Assembleia Municipal, a representante da Junta de Freguesia de Alcochete, os órgãos sociais da Imparcial, dirigentes associativos, sócios e outros convidados.

O presidente da Câmara Municipal de Alcochete enalteceu a efeméride: “O dia de hoje assume uma importância refetiva quer para o município, quer para a Sociedade Imparcial. Se por um lado festejamos a Restauração do Concelho, por outro comemoramos os 122 anos de existência de uma das mais prestigiadas instituições do concelho”, disse.

Fernando Pinto deu conta da emoção de estar presente na sessão solene, marcada pelo sentimento da “paixão” pela música, “pelo trabalho extraordinário que as sucessivas gerações garantiram ao longo destes 122 anos de existência, a paixão pelas artes e pela nossa terra e a nossa gente”.

“É um momento indiscritível ver reunidos neste salão emblemático e nobre muitos associados, amigos, simpatizantes, membros de cada uma das valências da instituição, seus familiares e convidados”, disse.

Fernando Pinto lembrou ainda aqueles que já partiram “e que nos deixaram um legado ímpar de entrega e dedicação a esta casa”, que “é uma casa de todos e para todos”. “Aqui reside um dos mais importantes espólios históricos da nossa terra” (…) Aqui valorizamos a música, criamos notas musicais, dispomos das condições necessárias e ideais para uma das mais importantes formas de arte”, sublinhou, salientando que “é por isso que esta instituição assume no concelho uma importância elementar, tal como a música assume na vida um equilíbrio singular”.

O autarca deu conta do apoio do Município à participação da Banda da Sociedade no concurso de bandas filarmónicas em Braga do qual foi vencedora e encerrou a sua intervenção com um agradecimento aos anteriores e atuais órgãos sociais, deixando a estes uma mensagem de inspiração para que “soltem as amarras, naveguem para longe do porto seguro (…) descubram o caminho do sucesso e façam dos sonhos a inspiração que necessitam para os concretizar”.

Em representação da Junta de Freguesia de Alcochete, Fernanda Santa deu os parabéns à Imparcial “por 122 anos de uma vida admirável”.

“A Sociedade Imparcial 15 de Janeiro de 1898 assume, desde há 122 anos a esta parte, um papel preponderante na nossa comunidade: graças à Sociedade, temos a Banda de Alcochete, uma das melhores do País” (…) graças à Sociedade muitos jovens aprendem, desde cedo, a ler partituras e a tocar instrumentos musicais”, destacou Fernanda Santa, que também elogiou os elementos do Orfeão, o Teatro Amador de Alcochete, os associados distinguidos na sessão e todos os que fazem ou fizeram parte dos órgãos sociais da coletividade.

A autarca referiu ainda o apoio financeiro dado pela Junta de Freguesia de Alcochete à Sociedade Imparcial em 2019, que é visto “como um investimento por tudo aquilo que nos dão e por tudo o que representam para a música, para o canto, para o teatro e para a promoção da cultura e do nome de Alcochete, no País e no mundo”.

O presidente da direção da Sociedade Imparcial, Artur Organista, agradeceu à Câmara Municipal e à Junta de Freguesia de Alcochete os apoios que têm dado à coletividade e agradeceu à Banda e ao Maestro António Menino por terem alcançado um brilhante prémio em Braga.
Artur Organista apontou ainda como objetivos da atual direção duplicar o número de alunos, adquirir mais instrumentos musicais e criar melhores condições para os atuais e novos sócios.

A presidente da Assembleia Geral, Patrícia Figueira, deu as boas-vindas e felicitou e saudou “as gerações de maestros, músicos, orfeanistas, diretores, associados e colaboradores que, através da sua entrega e abnegação, fizeram da Sociedade Imparcial muito mais do que uma coletividade, tornaram-na numa escola de cidadania, de cultura e de arte”.

Para a dirigente associativa, a Sociedade “soube-se reinventar e renovar e tem muito futuro (…) com a Escola de Música que, sob a batuta do Maestro António Menino forma e lança músicos de excelência, muitos deles para bandas profissionais; com o Orfeão, fundado na década de 50 e reativado nos anos 90, dirigido atualmente pela Maestrina Sara Laureano; com a Banda e Coro Juvenis, formados em 2013; e com o Teatro de Amadores de Alcochete, que desde 2016 já fez 7 apresentações”.

Município de Alcochete © 2015 | Todos os direitos reservados

wc3 wcag 2.0 amrs logotipo logotipo wiremaze