Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Sessão Solene Comemorativa do Dia Internacional da Mulher - Junta de Freguesia do Samouco

2019 03 10 16 11 52 1 750 2500
13 Março 2019

Realizou-se no passado dia 10 de Março a Sessão Solene Comemorativa do Dia Internacional da Mulher no Salão Nobre da Junta de Freguesia de Samouco. Esta sessão contou com as intervenções do Presidente da Junta de Freguesia, Pedro Ferreira, de Mónica Leitão da Direção Nacional do Movimento Democrático de Mulheres e do Presidente da Câmara Municipal de Alcochete, Fernando Pinto.

“Comemorar este dia, assinalado anualmente desde 1975, a 8 de março, é prestar homenagem a todas as mulheres que desde sempre lutaram por uma vida melhor, com especial destaque para as reivindicações das operárias dos Estados Unidos e de alguns países da Europa, no início do século XX”.

Para Fernando Pinto, “O caminho foi extenso, árduo, com ganhos na luta pelos direitos das mulheres, mas, é ainda um caminho com muito por percorrer, na medida em que as conquistas alcançadas não são ainda totalmente justas e, sobretudo, continuam a não ser universais”.

O autarca manifestou ainda que a “data que hoje celebramos, tal como outras, parecem perder parcialmente o seu sentido original, adquirindo um caráter comercial e festivo. É importante não esquecer que o dia 8 de março foi adotado pelas Nações Unidas para lembrar as conquistas sociais, políticas e económicas das mulheres. O foco não se pode perder porque, como já o afirmei, a estrada ainda é longa”
A este respeito realçou a importância de perceber “a forma como as grandes mudanças sociais iniciados no século XX têm vindo a alterar os papéis de homens e mulheres, sobretudo com a entrada da mulher no mercado de trabalho, interligada com a independência financeira e a aposta na formação superior”. E acrescentou que se torna necessário “incluir na agenda política medidas que reduzam, efetivamente, as disparidades de género, não só no que respeita ao igual acesso ao trabalho, à igualdade de remuneração por trabalho de igual valor, igualdade de processos de tomada de decisão, mas sobretudo pela conquista da dignidade, integridade, liberdade e fim da violência baseada no género e da violência doméstica.

Fernando Pinto afirmou ainda que se orgulha de “pertencer a um partido que, enquanto governo, tem trabalhado neste sentido e apresentado várias iniciativas legislativas que promovem a igualdade, a paridade e sobretudo a educação para uma sociedade mais justa, onde o valor de cada ser humano, seja naturalmente reconhecido, sem outro princípio que não seja a meritocracia. O edil acrescentou ainda que “em boa verdade, uma sociedade não muda apenas por decreto” e que é pela educação e formação que acredito ser possível operar a transformação social necessária para a redução de alguns números que a todos devem envergonhar”, numa clara alusão aos feminicídios que se têm sucedido e concluiu afirmando não ter dúvidas que a “responsabilidade é de todos e todas, começando na nossa casa, na família, passando pela escola, pelas associações, pelo local de trabalho e nas relações sociais. A educação para o respeito e para o reconhecimento da autodeterminação da pessoa, homem ou mulher, é determinante nesta e em todas as matérias da vida”.

Município de Alcochete © 2015 | Todos os direitos reservados

wc3 wcag 2.0 amrs logotipo logotipo wiremaze