Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

APDC realiza II Encontro em Alcochete

Encontropsicologia 750x500 1 750 2500
11 Março 2019

O II Encontro “Aprendendo e Ensinando a Viver”, promovido pela Associação de Psicologia e Desenvolvimento Comunitário, decorreu no dia 9 de março, no núcleo de arte sacra do Museu Municipal de Alcochete.

A sessão de abertura contou com as intervenções do presidente da Câmara Municipal de Alcochete, Fernando Pinto, da diretora do Agrupamento de Escolas de Alcochete, Cristina Alves, do presidente da Associação de Psicologia e Desenvolvimento Comunitário, Fábio Mateus, e da presidente da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Alcochete, Teresa Santiago.

“O executivo a que tenho o privilégio de liderar não poderia deixar de se associar a um conjunto de entidades que partilham uma mesma missão e um mesmo sonho: o bem-estar e o desenvolvimento harmonioso da comunidade, com especial incidência nos mais jovens”, referiu o presidente da Câmara Municipal de Alcochete.

Para Fernando Pinto, é “da maior importância a partilha de experiências, a discussão de ideias e a análise da realidade a que as nossas crianças e jovens estão hoje sujeitas, no sentido da formação de cidadãs e cidadãos plenos, capazes de realizar os seus sonhos, mas também com competências ao nível da empatia e da vivência em sociedade”.

O autarca manifestou a sua “convicção de que é na infância e na adolescência que se formam as bases que nos estruturam e moldam para o resto da vida”, mas também “que são vários os fatores, internos e externos, que podem contribuir para que essa estrutura em formação sofra abalos e constrangimentos que necessitam ser mitigados e acompanhados de forma atenta, quer pela família, pela escola, pelas diversas entidades com responsabilidades na matéria, quer sobretudo por técnicos habilitados e motivados, com meios adequados e espaços dedicados”.

Neste contexto, o edil felicitou “o trabalho desenvolvido pela Associação de Psicologia e Desenvolvimento Comunitário que, para além de nos recordar as boas práticas desenvolvidas pelo, lamentavelmente extinto Centro de Saúde Mental e Juvenil de Lisboa, traz até nós a oportunidade de repensar estratégias e encontrar soluções no âmbito da saúde mental no contexto comunitário”.

Fernando Pinto destacou também “o trabalho realizado no concelho em prol das crianças e jovens tanto pelo Agrupamento de Escolas de Alcochete como pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens” e recordou as palavras do Dr. João dos Santos, fundador da Casa da Praia (último serviço do Centro de Saúde Mental e Infantil de Lisboa), que dizia que o “sonho é como uma forma mágica de pensar”.

Município de Alcochete © 2015 | Todos os direitos reservados

wc3 wcag 2.0 amrs logotipo logotipo wiremaze