Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Vai nascer a primeira unidade para transformação e valorização de bivalves do país.

2019 02 22 10 43 39 1 750 2500
22 Fevereiro 2019

Foi lançada esta sexta-feira, num investimento superior a dois milhões de euros, a construção da primeira unidade de transformação e valorização de bivalves do país que prevê a criação de uma infraestrutura no Barreiro para depósito, transformação e valorização de bivalves capturados nesta concelho mas também nos concelhos do Seixal, Almada, Moita, Montijo e Alcochete.

O governo mostra-se, assim, fortemente empenhado em regularizar a situação das licenças dos mais de 1500 mariscadores ilegais que retiram diariamente do estuário do Tejo a maioria dos 19 mil quilos de ameijoa-japonesa, que é introduzida no mercado em condições nem sempre adequadas de salubridade. Esta cerimónia foi presidida pela ministra do mar Ana Paula Vitorino que apresentou este projeto integrado, com a participação do Instituto Português do Mar e da Atmosfera, da Direção-Geral dos Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos, da APL, da Docapesca – Portos e Lotas e com a colaboração de várias Câmaras Municipais da margem sul do Tejo. Prevê-se que a obra esteja concluída nos próximos 5 a 6 meses.

2019 02 22 11 06 14 1 1024 2500
2019 02 22 10 50 31 1 1024 2500
2019 02 22 10 47 19 1 1024 2500
2019 02 22 10 42 34 1 1024 2500
2019 02 22 10 49 29 1 1024 2500
2019 02 22 11 30 20 1 1024 2500
2019 02 22 10 39 05 1 1024 2500
2019 02 22 11 00 49 1 1024 2500
2019 02 22 11 21 01 1 1024 2500
2019 02 22 11 23 35 1 1024 2500

Município de Alcochete © 2015 | Todos os direitos reservados

wc3 wcag 2.0 amrs logotipo logotipo wiremaze