Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Município apoia idosos na vacinação contra a gripe

1200x628 facebook shares 5 1 750 2500
2020/10/30

Os munícipes com 65 ou mais anos de idade podem dirigir-se a uma das quatro farmácias do concelho para, gratuitamente, serem vacinados com a vacina contra a gripe sazonal, sem nenhum custo e sem necessidade de receita médica.

Esta medida surge no âmbito da iniciativa “Vacinação SNS Local” que resulta de uma parceria entre o Ministério da Saúde e a Associação Nacional de Farmácias e que conta com a participação da Associação Dignitude e do município de Alcochete.

Neste contexto, a câmara municipal aprovou na reunião de 28 de outubro a celebração de um protocolo com a referida Associação com o objetivo de proteger os mais vulneráveis através da promoção da sua vacinação contra a gripe sazonal pelas farmácias comunitárias. Este protocolo está em vigor até 31 de março de 2021.

No âmbito do protocolo, o município de Alcochete vai apoiar o serviço de administração da vacina com um custo por utente de €2,25 até ao número máximo de 1700 beneficiários, sendo que a Associação Dignitude suporta os restantes €0,25 e também já se comprometeu em pagar na totalidade do valor convencionado pelas farmácias (€2,50 cada) o ato de administração das vacinas aos 50 primeiros utentes, sendo que o cumprimento do objetivo de vacinar até 1700 idosos nas farmácias do concelho depende do Serviço Nacional de Saúde (SNS), que é a entidade responsável por fazer chegar as vacinas às farmácias aderentes.

O presidente da Câmara Municipal de Alcochete referiu que a reunião mantida com a Associação Nacional das Farmácias permitiu ao município “fazer parte da solução de descentralização da administração das vacinas contra a gripe para utentes com 65 ou mais anos de idade” e que “o objetivo é retirar do Centro de Saúde um aglomerado de pessoas que poderão assim dirigir-se às farmácias, que no caso de Alcochete são quatro: duas na freguesia de Alcochete, uma na freguesia de Samouco e outra na freguesia de São Francisco”.

Sobre a importância da vacinação contra a gripe, Fernando Pinto lembrou que “em 2019, de acordo com o Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge, o vírus da gripe foi a causa de 3.331 óbitos em Portugal e que este ano, face ao contexto mundial da pandemia de Covid-19, a vacinação contra a gripe é seguramente mais importante para a população”.

O autarca destacou também que “de modo a ser assegurada a garantia de qualidade para a prestação do referido serviço, as farmácias têm que garantir níveis elevados, quer de qualidade técnica, quer profissional”, que vão desde a existência de um gabinete personalizado à garantia de acondicionamento, formação obrigatória, certificação de competências até ao cumprimento dos pressupostos de higiene, segurança e gestão de resíduos.

Para Fernando Pinto, “o município tem uma intervenção ativa na proteção da sua população mais vulnerável no atual contexto pandémico”, apoiando mais de 50% dos idosos existentes no concelho. Contudo, “estamos a protocolar 1.700 vacinas mas não temos a garantia de que essas 1.700 vacinas sejam de facto disponibilizadas pelo SNS. Ainda assim julgo que é uma medida empreendedora, que vem no seguimento daquilo que é estratégico para este Executivo, que é fazer parte integrante das soluções na defesa intransigente da sua população, independentemente de quem seja a competência primordial e neste caso estamos a falar de um investimento na ordem dos €3.700”, destacou.

O autarca referiu que, numa primeira fase, serão distribuídas 50 vacinas a cada farmácia e a partir daí as farmácias podem solicitar um máximo de 15 vacinas por dia e que os utentes vão às farmácias fazer a sua inscrição e articulam a sua vacinação em função da disponibilidade de vacinas. “Vamos esperar que o SNS possa disponibilizar o maior número possível de vacinas ao concelho de Alcochete ao abrigo do referido protocolo”, disse.

Município de Alcochete © 2020 | Todos os direitos reservados

wc3 wcag 2.0 amrs logotipo logotipo wiremaze