Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Junta de Freguesia assinala elevação de Samouco a Vila

Samvila09 1 1 750 2500
14 Dezembro 2009
A Junta de Freguesia assinalou ontem, 13 de Dezembro, o quinto aniversário da elevação de Samouco a vila, com uma sessão solene, durante a qual a Sociedade Filarmónica Progresso e Labor Samouquense foi homenageada.

O salão nobre do edifício da Junta esteve repleto de munícipes, além do Presidente e Vereadores da Câmara Municipal, membros do executivo da Junta e Assembleia de Freguesia de Samouco, Presidente da Junta de Freguesia de Alcochete, Directora e Subdirector do Agrupamento Vertical de Escolas, representantes das colectividades, representante dos Bombeiros Voluntários de Alcochete, e representantes dos partidos políticos.

Foi com enorme regozijo que o presidente da Câmara Municipal de Alcochete se dirigiu ao o público presente: “É um orgulho para todos nós ter no mesmo Município duas vilas". “Contudo importa salientar que quer a Câmara Municipal, quer a Junta de Freguesia de Samouco através das suas visões políticas, que têm em relação ao Concelho e à Freguesia, não se ficaram pelo mero reconhecimento das condições que elevaram o Samouco à categoria de Vila”, disse Luís Miguel Franco.

Neste sentido, o autarca enumerou um conjunto de intervenções que vão sendo concretizadas “à medida que os recursos assim o permitirem e que dignificam o compromisso solene por parte da Câmara Municipal, relativamente a todos os locais, freguesias e a cada um dos cidadãos”: a extensão do centro de saúde, que já é uma realidade, a reivindicação de médicos para a freguesia e de um hospital Alcochete/Montijo, a construção de um velório, a requalificação de toda a orla ribeirinha do concelho, nomeadamente para a proposta de classificação da praia do Samouco para praia fluvial, além de intervenções no Largo de São Brás e na Praça da República.

O Presidente da Junta de Freguesia manifestou o seu enorme contentamento pela celebração do quinto aniversário da elevação de Samouco a Vila e sublinhou que “é difícil quantificar os benefícios da subida de categoria administrativa”, mas considera evidente uma auto-estima colectiva extraordinária.

“Com o trabalho de todos que por aqui têm passado, nós conseguimos alcançar este estatuto de vila”, afirma António Almeirim que, com orgulho, refere que é preciso continuar a trabalhar e enumerou algumas acções levadas a efeito no mandato anterior, com destaque para as intervenções na praia fluvial, nomeadamente a colocação de chapéus-de-sol, equipamentos desportivos e instalação do parque infantil.

O autarca adiantou ainda que é objectivo deste executivo continuar a aproximar a população do rio e por isso pretende fazer uma intervenção no areal da praia, incluindo o aumento da sua extensão.

Outra referência, apontada por António Almeirim, de acções de sucesso, implementada pelo executivo que lidera foi a Biblioteca sita no edifício da Junta de Freguesia, que segundo o autarca tem cerca de 1500 visitas por mês, maioritariamente de crianças.

Um dos momentos altos desta sessão solene foi a homenagem que a Junta de Freguesia fez à Sociedade Filarmónica Progresso e Labor Samouquense pelo trabalho desenvolvido ao longo de 90 anos em prol do Samouco.

“Nós temos um movimento associativo muito forte, que já homenageámos no mandato anterior, mas a Sociedade Filarmónica é de facto o expoente máximo da nossa terra, que leva o nome do Samouco ao conhecimento de todos, principalmente através das suas actuações no Campo Pequeno, que têm transmissão televisiva”, enfatizou António Almeirim.

Luís Miguel Franco recordou a homenagem que a Câmara Municipal fez em 2008, no âmbito das Comemorações da Restauração do Concelho, à Sociedade Filarmónica Progresso e Labor Samouquense e destacou o “empenho das sucessivas direcções que foram passando pela Sociedade Filarmónica, todo o empenho dos sócios e sua dedicação, o mérito dos músicos e de todas as pessoas que diariamente se empenham para que a SFPLS seja não só um dos baluartes máximos da freguesia do Samouco, mas também como um dos símbolos mais emblemáticos, mais marcantes e mais importantes do concelho de Alcochete”.

Manuel Ferreira, presidente da direcção da SFPLS recebeu de António Almeirim uma placa de homenagem à colectividade e considerou que esta homenagem constitui um “incentivo para continuar a trilhar um caminho de trabalho e assim contribuir para o prestígio da vila de Samouco”.

A tarde terminou com um animado baile de danças tradicionais europeias, com Celina da Piedade, acordeão e voz, e Leónia de Oliveira, monitora de dança, que teve grande adesão por parte do público presente.

 

Luís Miguel Franco enumerou com satisfação algumas intervenções que vão sendo concretizadas na freguesia de Samouco. Os Vereadores da Câmara Municipal estiveram presentes na cerimónia. O Salão esteve repleto de munícipes.
António Almeirim entregou a Manuel Ferreira uma placa de homenagem à SFPLS. Manuel Ferreira partilhou com os presentes o texto de homenagem da Junta de Freguesia. O presidente da direcção da SFPLS agradeceu à Junta de Freguesia a homenagem recebida.
Após a sessão solene teve início um baile de danças tradicionais europeias com Celina da Piedade. O baile foi bastante animado. Leónia de Oliveira foi a monitora de dança que orientou as coreografias.

Município de Alcochete © 2021 | Todos os direitos reservados

wc3 wcag 2.0 amrs logotipo logotipo wiremaze