Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Gaiteiros de Alcochete actuam no Largo de São João

Gaiteiros09 1 750 2500
06 Outubro 2009
O Festival de Expressões Ibéricas prosseguiu no passado dia 5 de Outubro com a actuação dos Gaiteiros de Alcochete no Largo de São João e com um recital de poesia pela Andante.

As condições climatéricas não foram as melhores mas, após um périplo por algumas ruas da Vila, foi no Largo de São João que os Gaiteiros de Alcochete concentraram a sua actuação.

Com início em 2000 este projecto tem vindo a crescer, a ganhar novos elementos e a fazer cada vez mais actuações: “Neste verão tivemos algumas actuações de norte a sul do País, particularmente em feiras medievais e festas tradicionais”, refere Ricardo Brito.

Inicialmente os gaiteiros de Alcochete apostavam numa vertente mais tradicional, transmontana e galega, no entanto a música medieval assume agora mais protagonismo nas actuações do grupo que integra 10 elementos e que aprendem a tocar este instrumento musical tão antigo sob orientação de Gonçalo do Carmo.

“A gaita-de-foles é um instrumento que vem desde a antiguidade e existe para ele um extenso repertório medieval e é por isso que estamos a incluí-lo no nosso repertório”, sublinha Ricardo Brito.

Sobre o Festival de Expressões Ibéricas Ricardo Brito diz que é uma boa iniciativa porque exalta uma parte da cultura musical tradicional, que muitas vezes é relegada para segundo plano em relação ao fado.

“A Colhida e a Morte” deu nome ao recital de poesia que a Andante – Associação Artística apresentou no Fórum Cultural de Alcochete com base na obra literária de Federico Garcia Lorca. Poemas da juventude e maturidade do poeta espanhol integraram o alinhamento desta noite de poesia.


Entrevista com Ricardo Brito


Excerto da animação de rua




Município de Alcochete © 2020 | Todos os direitos reservados

wc3 wcag 2.0 amrs logotipo logotipo wiremaze