Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

492.º Aniversário do Foral

16 Janeiro 2007
Autarquia promove comemorações
A Câmara Municipal de Alcochete assinala amanhã, 17, pelas 21h00, a atribuição do foral manuelino à Vila de Alcochete com a encenação da apresentação do Foral pela Associação Gil Teatro, seguindo-se uma palestra pelo investigador Dr. José Manuel Vargas, subordinada ao tema “O Foral de Alcochete no contexto dos forais manuelinos”.



O Serviço Educativo do Museu Municipal promove durante a tarde, com início às 15h30, uma visita orientada ao Núcleo Sede, onde está exposto o Foral de Alcochete e Aldeia Galega. No dia 18, às 10h00 e às 14h30, realiza-se a actividade “O Foral de Alcochete e Aldeia Galega faz anos”, que assenta na divulgação do conteúdo do documento régio.



D. Manuel I, “Rei de Portugal e dos Algarves, daquém e dalém-mar em África, Senhor da Guiné e da conquista, navegação e comércio da Etiópia, Arábia, Pérsia e da Índia”, concede Foral, diploma que define as normas que regem as relações dos habitantes entre si e destes com o rei, às Vilas de Alcochete e de Aldeia Galega, em 17 de Janeiro de 1515.



No século XV, a Comarca do Ribatejo era constituída pelo concelho de S. Lourenço de Alhos Vedros e pelo concelho de Santa Maria de Sabonha, sendo este composto pela vila de Alcochete e de Aldeia Galega, Samouco e Sarilhos.



Em 17 de Novembro de 1539 foi estabelecida a separação entre as Câmaras de Aldeia Galega e Alcochete devido ao aumento da população em cada uma das Vilas, com autorização de D. Manuel I e D. João II e a intervenção do Infante D. Jorge, Mestre da Ordem de Santiago.



Alcochete era, à época, uma vila moderna e um importante ponto de passagem para o sul do País, local de estadia da corte e da nobreza, destacado centro de apoio logístico na época dos Descobrimentos, com uma situação geográfica privilegiada em relação à capital, que abastece de produtos como vinho, sal, fruta, caça, lenha e carvão.



O Foral de Alcochete e Aldeia Galega é um documento histórico que nos fornece importantes informações sobre a época dos Descobrimentos e que nos dá indicações sobre a vida quotidiana desde o vestuário, a alimentação, o comércio, o mobiliário, os produtos industriais e de construção civil, a cerâmica e os metais.



D. Manuel I nasceu em Alcochete a 31 de Maio de 1469 e subiu ao trono em 1495 por nomeação testamentária de seu primo e cunhado, D. João II, após a morte do herdeiro D. Afonso. A expansão atinge no reinado de D. Manuel I o máximo expoente, consolidando-se um vasto império com a viagem de Vasco da Gama à Índia (1497-1499), a chegada de Pedro Álvares Cabral ao Brasil (1500) e as expedições dos Corte Real à Terra Nova (1500-1502).

Município de Alcochete © 2020 | Todos os direitos reservados

wc3 wcag 2.0 amrs logotipo logotipo wiremaze