Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Reunião 27 de junho 2017

No período de antes da ordem do dia, de discussão do “Alcochete 2030 – Visão & Estratégia – Construindo o Futuro: Agenda Estratégica para o Desenvolvimento Sustentável”, o deputado Luiz Batista disse que todos os documentos são fundamentais para uma boa tomada de decisão e para acautelar o futuro. O deputado referiu que acompanhou a execução do plano “Alcochete 2025” e que tudo o que foi explanado nesta reunião da assembleia municipal já estava explanado no “Alcochete 2025”, cujo desígnio não foi cumprido apesar de existir já um distanciamento desde a sua aprovação.

Luiz Batista perguntou qual o “upgrade” que se vai fazer do “Alcochete 2025” para o “Alcochete 2030”, se vai incorporar a questão do terminal aeroportuário e aquilo que será o Arco Ribeirinho Sul e quais as incidências destas realidades no Plano Diretor Municipal de Alcochete.

O deputado Luiz Batista propôs, face à apresentação dos dois votos de pesar, que se aprovasse apenas um em nome da assembleia municipal, o que não foi aceite, e propôs uma correção do número de hectares ardidos que constam do voto de pesar da CDU.

As bancadas do CDS/PP e do PSD apresentaram um voto de pesar pelas vítimas do incêndio de Pedrogão Grande.

Voto de pesar

Município de Alcochete © 2015 | Todos os direitos reservados

wc3 wcag 2.0 amrs logotipo logotipo wiremaze