Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Reunião 30 setembro 2015

Colocação de perguntas à Câmara Municipal
O deputado Pedro Canteiro questionou a falta de informação dos motoristas dos TST – Transportes Sul do Tejo quando são alterados os percursos dos transportes públicos e perguntou como é feita essa comunicação por parte da Autarquia.
A Câmara Municipal respondeu à questão colocada.

Na discussão da moção intitulada “Sobre a situação dos refugiados e imigrantes na Europa”, apresentada pela CDU, o deputado Pedro Canteiro disse que a mensagem humanitária não estava em causa mas que quando se escreve um texto que apela aos direitos humanos, ele não deve ser carregado com ideologia política. Lembrou ainda que os antigos países de Leste eram governados por regimes comunistas, em que as pessoas também fugiam à morte, miséria e fome. Referiu que o sentido de voto da sua bancada não diz respeito à questão humanitária, mas sim à ideologia política constante da moção.

Na discussão da moção apresentada pelo PSD, “Adoção do IMI Familiar pelo Município de Alcochete”, Mário Alves lembrou que uma proposta de igual teor tinha sido já apresentada em sessão de Câmara em março pelo vereador Vasco Pinto. Considerou que os rácios das percentagens constantes na moção são extremamente elevados e que neste momento não há quantificação desses dados e explicou que o sentido de voto da bancada do CDS/PP vai no sentido de que não vale a pena apresentar uma moção com os rácios no máximo permitido por lei. A bancada do CDS/PP absteve-se na votação da moção.

 

Assuntos que constam na Ordem do Dia

Na discussão do ponto 2 da Ordem do Dia, “Adenda ao Plano de Saneamento Financeiro”, o deputado Mário Alves quis saber se tudo estava a correr como devia ser e o porquê do Tribunal de Contas ter solicitado mais dados à Autarquia.

Município de Alcochete © 2015 | Todos os direitos reservados

wc3 wcag 2.0 amrs logotipo logotipo wiremaze