Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Projeto Recoil

Depositar o óleo alimentar usado no oleão é um simples gesto que pode ser adotado no dia-a-dia e que contribui para um melhor ambiente. Ao depositar os óleos usados nos respetivos óleões está a colaborar para a diminuição da emissão de gases com efeito estufa, para a redução da contaminação dos lençóis freáticos e da quantidade de óleos e gorduras nas águas residuais. Com esta ação está também a valorizar o óleo vegetal usado que pode ser convertido em biodiesel, diminuindo assim a dependência externa de combustíveis fósseis.



Projecto Recoil - Campanha de recolha de óleo alimentar usado

1 litro de óleo alimentar usado = 0,8 litros de Biodiesel

O Biodiesel é um combustível renovável feito a partir de óleos vegetais e gorduras animais.
As suas propriedades são similares às do gasóleo, mas com algumas vantagens:

Lubrifica melhor os motores em relação ao diesel, prolongando assim o seu tempo de vida

É altamente biodegradável e apresenta um grau reduzido de toxicidade

É uma fonte de energia limpa e renovável

Reduz as emissões de CO2 em 90% quando comparado com o diesel tradicional ou a gasolina

Promove um desenvolvimento rural mais sustentável

O Biodiesel produzido através da valorização de OAU, evita os impactos da produção de biocombustíveis nas culturas agrícolas alimentares, reduz a deposição de OAU em aterros sanitários, proporciona a criação de postos de trabalho, e aumenta a diversificação energética.

Deixe o OAU arrefecer completamente

Utilize um funil para escorrer o óleo num recipiente de plástico (por exemplo, uma garrafa PET) e mantenha-o num lugar escurecido. É muito importante não misturar o óleo com água ou qualquer outro líquido. Não utilize frascos de vidro porque se podem quebrar.

Quando o recipiente estiver cheio, feche-o bem e deposite-o nos oleões distribuidos pela sua localidade.







O OAU será recolhido periodicamente e reencaminhado para valorização.

Se detectar algum problema (derrames, recipientes sujos ou totalmente cheios), pode ligar para a

Linha Azul
808 200 014




Uma vez chegado à central de valorização, o OAU é transformado em biodiesel.







Por fim, o biodiesel será distrivuído e vendido como combustível rodoviário.










VOCÊ DECIDE, VOCÊ RECICLA?

Os óleos alimentares usados são um resíduo com inúmeros problemas ambientais: é um resíduo altamente tóxico para os cursos de água, rios, lagos, oceanos e outros ecossistemas.

É também um problema económico: o óleo dificulta o tratamento de águas residuais e aumenta os custos de manutenção dos sistemas de esgotos. Estima-se que cada litro de óleo aumente o custo de tratamento de águas residuais em 2,5€.

O despejo do óleo alimentar nas canalizações dimésticas é uma prática pouco amiga do ambiente, pois este entope os canos, causa odores e aumenta o risco de infestação de ratos e insectos.

Reciclar o óleo alimentar (OUA), depositando-o nos óleões dos sistemas de recolha municipais
é um gesto simples, cómodo e higiénico, com o qual os cidadãos ajudam a preservar o meio ambiente, reduzindo os custos nos tratamentos das águas.

Proteger o Ambiente – um ganho Ecológico

A Autarquia lança o desafio a toda a população para a necessidade de adoção de boas práticas ambientais com a criação deste projeto que tem especial incidência no resíduo – óleo alimentar usado, como por exemplo, óleo para fritar, óleos de conservas alimentares, entre outros, que tem vindo a ser desperdiçado como matéria-prima em aterros e ETAR’s, aumentando nestas infraestruturas o custo de tratamento.

Um dos objetivos deste projeto consiste na criação de pontos de deposição e recolha de óleos alimentares usados (OUA´s), produzidos pelos utilizadores domésticos, que a Câmara Municipal já concretizou com a instalação de oleões junto dos edifícios nas Juntas de Freguesia do Concelho.

A recolha dos OAU’s nos oleões da via pública e dos localizados nas escolas do ensino pré-escolar está a cargo da empresa Dieselbase – Energias Renováveis, Lda, com a qual a Câmara Municipal tem estabelecido um protocolo, desde 2006, ao abrigo do qual é atribuída à empresa a gestão da recolha deste resíduo nos refeitórios escolares do Município e no refeitório do estaleiro municipal.

Onde Depositar o Óleo Alimentar?

Freguesia de Alcochete
Alameda do Grupo Desportivo Alcochetense
Rua Prof. Leite da Cunha (perto da Biblioteca de Alcochete)
Rua da Liberdade, Urb. Flamingos (perto do Hotel Al Foz)
Rua da Escola Secundária, Urb. Barris
Lagoa do Láparo (junto ao Intermarché)
Rua Ruy de Sousa Vinagre (perto da Junta de Freguesia de Alcochete)

Passil - Largo da Sociedade
Fonte da Senhora - Alameda da Fonte


Freguesia de Samouco
Rua das Salinas/ Rua Conde de Vale de Reis
Rua António Aleixo/ Rua da Constituição


Freguesia de São Francisco
E.N. 119, Alameda Júlio Dinis
E.N. 119, Urb. Convento


Só com a colaboração de todos o resíduo OAU pode ter um destino adequado!

Município de Alcochete © 2015 | Todos os direitos reservados

wc3 wcag 2.0 amrs logotipo logotipo wiremaze