Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Adoção de Animais

Condições de Adoção

Os cidadãos que pretenderem livre e conscientemente adotar um dos animais existentes no Centro Municipal de Recolha de Canídeos, assumem o compromisso de assegurar o seu bem-estar.

 

Assim, aquando da manifestação da intenção de adotar um canídeo, o cidadão assina um Termo de Responsabilidade, comprometendo-se a:

  • Alimentá-lo e alojá-lo convenientemente, passeando-o regularmente;
  • Não abandoná-lo, maltratá-lo ou treiná-lo para fins de ataque;
  • Não acorrentá-lo, exceto quando absolutamente necessário e sempre com uma corrente de comprimento suficiente para permitir a livre movimentação do animal;
  • Mantê-lo em boas condições de saúde, providenciar tratamento veterinário qualificado preventivo (vacinação, desparasitação) assim como aplicação de microchip quando por motivo de idade este ainda não tenha sido aplicado, e registo na Junta de Freguesia da área de residência;
  • Não utilizar o animal para fins reprodutivos e controlar a natalidade por métodos definitivos (esterilização ou castração) ou métodos médicos (comprimidos ou outros);
  • Colocar na coleira uma chapa identificadora com o nome do animal e os números de telefone do detentor;
  • Não transmitir a sua posse sem aviso prévio ao Centro Municipal de Recolha de Canídeos, e comunicar a morte ou desaparecimento do animal em questão;
  • Após adopção prolongada, se por motivo de força maior não puder continuar a ser o detentor do animal, devolvê-lo ao Centro Municipal de Recolha de Canídeos;
  • Respeitar a Declaração Universal dos Direitos do Animal e todas as Leis Nacionais.

A adoção de canídeos é gratuita, no entanto serão cobradas as despesas relativas a vacinação e identificação eletrónica, sempre que aplicáveis.

Responsabilidades e Deveres

Um animal de companhia pode ser um amigo com quem podemos contar e que pode encher a nossa vida de alegria e divertimento, mas implica também o assumir de responsabilidades e deveres para com ele.

Existe a necessidade da tomada de consciência de que um animal de companhia não é um brinquedo descartável; a adopção de um animal de companhia implica a sua presença durante muito tempo na nossa vida.

Antes da tomada de decisão sobre a adopção de um animal de companhia deverá informar-se sobre as características e as necessidades específicas da espécie/raça pretendida, uma vez que a espécie/raça que mais lhe agrada poderá não ser a mais adequada à sua habitação ou estilo de vida.

Confirme com todas as pessoas que vão conviver com o animal se estão de acordo e dispostas a participar activamente nos cuidados de educação, higiene e alimentação do mesmo. Informe-se também se alguém é alérgico a animais.

Dê sempre preferência à adopção.

Nos Centros Municipais de Recolha de Animais e nas associações zoófilas existem muitos cães e gatos carentes, mas saudáveis, que aguardam a chegada de um novo detentor.

Se pretende ter um animal de companhia mas não dispõe de condições para tal, ou de momento não pode assumir essa responsabilidade, poderá apadrinhar um dos muitos animais existentes no Centro Municipal de Recolha de Canídeos.

Informe-se junto do mesmo.

Município de Alcochete © 2015 | Todos os direitos reservados

wc3 wcag 2.0 amrs logotipo logotipo wiremaze