Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Forcados Amadores do Aposento do Barrete Verde de Alcochete

O Grupo de Forcados Amadores do Aposento do Barrete foi fundado a 22 de Maio de 1965, no seio do Aposento do Barrete Verde tendo como primeiro cabo José Luís Carapinha Rei, à frente de um grupo de forcados constituído por Manuel Pinto, Aníbal Pereira, Eduardo da Costa Vantacich, Luciano do Carmo Pinto, Gregório Bolota, João Mimo, António Tavares, José Pinto e José Gomes e, mais tarde, Augusto Henrique, Francisco Giro e Luís Cebola.

O grupo faz a sua apresentação na Praça de Touros de Alcochete a 9 de Agosto desse ano, num festival de homenagem ao Aposento do Barrete Verde, que integrava no cartel, os cavaleiros Pedro Louceiro, João Núncio e José Samuel Lupi. O espectáculo taurino foi abrilhantado pela fabulosa Banda da Sociedade Imparcial 15 de Janeiro de 1898.

Em 1967 António Luís Penetra foi nomeado cabo, e sob a sua orientação o grupo alcança grandes êxitos, destaque para a mais alta distinção atribuída a um Grupo de Forcados – O Prémio da Imprensa, em 1968, afirmando-se de forma inegável no mundo taurino, tornando-se uma referência para a forcadagem da época.

Em 1981, Luís António da Piedade Cebola assume a liderança e aposta na renovação e na juventude, ao criar o Grupo de Forcados Juvenis, que muitos forcados daria a Alcochete.

O Grupo de Forcados do Aposento do Barrete Verde participa em corridas por terras de Espanha e França, e na Corrida TV, sendo considerado pela crítica especializada como um dos melhores Grupos de Forcados, em 1991.

A 24 de Junho de 1993, Joaquim José Penetra assume a liderança na corrida realizada na Praça de Toiros de Setúbal.

Ainda na década de 90, os Forcados do Barrete Verde alcançam imensos êxitos em importantes praças de Portugal e Espanha.

Luís Miguel Cebola, filho do antigo Cabo Luis António Cebola, forcado de referência no panorama nacional, assume em 1995 a direcção do Grupo, honrando com mérito e grande louvor a jaqueta do Barrete Verde.

Os anos de 2002 a 2004 são testemunho de grandes triunfos alcançados com o Troféu de Melhor Pega, nas Festas Sanjoaninas e na Corrida da TVI. 2003 é também um ano de consagração do êxito do grupo que recebe a distinção da crítica especializada como “Melhor Grupo” da temporada, atribuídas pela Revista “Campo e Arena” e Jornal “Farpas”. 

No mesmo ano, o referido Jornal distingue João Miguel Pinto Salvação com o Troféu “Forcado do Ano”. Em Agosto de 2005 assume a direcção do Grupo de Forcados, ano em que é distinguido com o Troféu de Melhor Pega no Concurso de Ganadarias da Feira de Arruda dos Vinhos, e que o grupo perfaz 40 anos de êxitos, de garra e bravura nas arenas.

Ao fim de 9 anos a liderar o Grupo, João Salvação entregou a jaqueta na corrida de touros de 12 de Agosto de 2014, durante as Festas do Barrete Verde e das Salinas.

Desde esse dia o forcado Marcelo Lóia assumiu as funções de Cabo de Grupo e a responsabilidade de liderar o grupo com galhardia. Mais um jovem forcado que já faz parte da história deste Grupo e que se tem notabilizado pelas boas pegas que tem realizado em diferentes praças do país, com destaque para a Praça nº 1 do Toureio em Portugal - o Campo Pequeno.

Município de Alcochete © 2015 | Todos os direitos reservados

wc3 wcag 2.0 amrs logotipo logotipo wiremaze