Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Sal das salinas do Samouco tem certificado de qualidade

Sal fundacao 1 750 2500
09 Junho 2016
A qualidade do sal produzido pela Fundação das Salinas do Samouco foi recentemente reconhecida através da certificação pela Sativa, que certificou também a produção artesanal de plantas halófitas.

“A obtenção destas certificações comprova que a estratégia seguida pela Fundação é a mais correta e demonstra que é possível manter atividades dentro das áreas protegidas sem que estas tenham influência negativa na natureza”, destaca Firmino de Sá, presidente do conselho de administração da fundação. Em Portugal é reconhecido o interesse socioeconómico, ambiental e cultural da produção de sal alimentar, na forma tal qual, (portaria nº78/2008) pois fomenta o aproveitamento de recursos naturais e utilização de energias renováveis, constituindo um fator de desenvolvimento sustentável das zonas onde estão implantadas as unidades produtivas.

Para Firmino de Sá a importância da certificação destes produtos atingiu outra dimensão, pois “as condicionantes impostas na ZPE do estuário do Tejo obrigaram-nos a usar toda a criatividade, arte e engenho no cumprimento de todas as regras, criando um trabalho mais qualificado, na produção e nas atividades de suporte a essa mesma produção, tendo subjacente a preservação do património histórico-cultural e natural”.

Subjacente a esta certificação está a produção totalmente artesanal do sal, a ausência de utilização de meios mecânicos motorizados, o uso de técnicas tradicionais artesanais no processo produtivo em reservatórios de fundo argiloso, em que a circulação da água se faz por gravidade e a evaporação por ação do sol e do vento, a utilização de instrumentos de trabalho ligeiros, não oxidáveis ou deterioráveis, a secagem feita naturalmente ao sol, respeitando as características físico-químicas, bacteriológicas e organoléticas a que deve obedecer o sal marinho tradicional.

O sal produzido nas salinas do Samouco pode ser adquirido no local ou em algumas lojas de produtos biológicos em Alcochete nas vertentes sal marinho artesanal – tal qual fino e tal qual grosso – e flor de sal.

Município de Alcochete © 2015 | Todos os direitos reservados

wc3 wcag 2.0 amrs logotipo logotipo wiremaze