Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Feira Quinhentista faz Alcochete voltar ao tempo de D. Manuel I

Fqult 1 750 2500
12 Junho 2015

A Feira Quinhentista de Alcochete que decorreu na vila ribeirinha entre os dias 5 e 7 de junho recreou o ambiente muito próprio da época de quinhentos, através de demonstrações de atividades mercantis, animações musicais e de dança, recriações de situações e acontecimentos da época.
Enquadrada nas comemorações dos 500 anos do Foral de Alcochete a Feira Quinhentista de Alcochete resultou de uma organização conjunta da Câmara Municipal de Alcochete, Agrupamento de Escolas de Alcochete e Associação Gil Teatro.

Para a Vereadora da Cultura, Raquel Prazeres, um dos principais objetivos da Feira Quinhentista, foi alcançado: “A Feira Quinhentista foi uma festa de Alcochete para Alcochete, houve um grande envolvimento da comunidade local mas também se conseguiu atrair outros públicos”.

“Mais do que uma réplica de outras feiras (medievais) de âmbito mais comercial, quisemos envolver a comunidade local e muito em particular a comunidade escolar. Destaco o empenho do Agrupamento de Escolas de Alcochete, do trabalho desenvolvido pelos professores, auxiliares e alunos e também dos pais e encarregados de educação”, referiu a Vereadora da Cultura, que acrescentou que “houve um valorizar do contexto histórico, resultado de pesquisa e trabalho desenvolvido pelos alunos, que resultou numa festa muito bonita. Houve também uma envolvência muito grande da parte dos trabalhadores da Câmara Municipal”.

Mais de 600 figurantes/participantes estiveram envolvidos nas animações de rua, danças quinhentistas, rábulas vicentinas, jogos medievais, torneios e combates, teatros de fantoches e marionetas, falcoaria e queimadas galegas, num total de quase três dezenas de atividades distribuídas por mais de 80 sessões que decorreram em arruamentos do núcleo antigo da vila de Alcochete: Largo da Misericórdia, Rua Comendador Estêvão de Oliveira, Largo António dos Santos Jorge, Largo de São João, Largo Almirante Gago Coutinho (jardim do Coreto) e Avenida 5 de outubro.

Alcochete vestiu-se a rigor e proporcionou à comunidade local e a muitos visitantes, momentos que vão ficar na memória de todos aqueles que se deixaram contagiar pela época de 500 nos 3 dias em que decorreu a Feira Quinhentista.

Destaque ainda para a recriação da entrada régia de D. Manuel I e do momento de atribuição do Foral a Alcochete, momento que se repetiu ao longo dos 3 dias e que foi testemunhado por locais e visitantes que se perfilaram nas ruas de passagem do cortejo real.

Município de Alcochete © 2015 | Todos os direitos reservados

wc3 wcag 2.0 amrs logotipo logotipo wiremaze